MS é o 5º no ranking dos estados com maior oferta de serviços digitais

Estado dispõe de mais de 80 serviços que podem ser acessados por meio de dispositivos digitais

por: Gabby Gonzalez - 18/01/2022 07:42

MS é o 5º no ranking dos estados com maior oferta de serviços digitais

Estado dispõe de mais de 80 serviços que podem ser acessados por meio de dispositivos digitais

Mato Grosso do Sul está entre os estados com maior oferta de serviços digitais. Segundo o Coordenador da Superintendência de Gestão da Informação (SGI), Sandro Chacha, a pandemia fez acelerar os projetos de automação dos serviços à população, mas desde 2019 o Governo do Estado já estava executando um plano de digitalização no âmbito da política de desburocratização. De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, a agenda digital está entre as prioridades no plano plurianual de investimentos e ações estratégicas do Estado.

Em ofício encaminhado à SGI, a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP) destaca o “alto desempenho do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no Índice de Oferta de Serviços Digitais Públicos” em 2021. Entre os estados melhor ranqueados, MS é o 5º no índice de crescimento da oferta de serviços na comparação dos anos de 2020 e 2021. “O desempenho é fruto da ação estratégica do Governo e do trabalho da SGI e seus clientes em um esforço conjunto para assegurar a disponibilização de serviços digitais à população”, destaca o coordenador da SGI.

Hoje o Estado dispõe de mais de 80 serviços que podem ser acessados por meio de dispositivos digitais. O aplicativo MS DIGITAL é utilizado por 60 mil pessoas para busca de informações sobre as diversas áreas do governo. Cerca de 27 mil pessoas acessam os serviços digitais por dia.

A servidora Patrícia Gatts, do Setor de Informações e Tecnologia da Secretaria de Educação (SED), destaca que os benefícios do “governo digital” vão da agilidade no atendimento à população, com a desburocratização dos serviços até então analógicos, à economia de custos, com a supressão de materiais de comunicação e papelaria. A contratação de professor, processo que levaria dias, hoje se dá em questão de horas, destaca a servidora. “Conseguimos realizar até quatro tarefas ao mesmo tempo, incluindo processos de contratação”, diz.

A área de educação foi uma das que mais implementaram serviços digitais. O superintendente de Tecnologia da SED, Paulo Rodrigues, cita, entre os exemplos de praticidade e economicidade, a elaboração do cardápio da merenda nas escolas da Rede Estadual de Ensino. Todas as etapas do processo de formulação nutricional, elaboração do cardápio, compra e distribuição dos ingredientes e oferta da alimentação escolar são administradas por meio de um software.

Antes da digitalização, todo trabalho exigia a mobilização de vários servidores e diversos suportes estruturais. A automação reduziu custos e tempo. Sem as dificuldades operacionais, a qualidade da merenda também melhorou. Hoje são 205 mil estudantes matriculados em 347 escolas da Rede Estadual de Ensino (58 na área rural).

A expectativa do governo é de tornar os serviços públicos 100% digital. “A transformação digital no setor público reduz a burocracia, aumenta a transparência e otimiza o atendimento à população”, ressalta o governador Reinaldo Azambuja.

Os avanços na automação dos serviços públicos foram destacados em reportagem da Rede Educativa. As imagens mostram as salas que no passado estavam entupidas de arquivos, pastas e papeis. Hoje as salas estão limpas, nas mesas, apenas a tela do computador e o teclado. “Nossa rotina se tornou muito mais produtiva”, afirma Patricia Gatts.

De acordo com a SGI, a ideia é eliminar a médio prazo a utilização de papel, com ganhos na agilidade e redução dos gastos com o custeio administrativo.

A perspectiva é de até o fim de 2022 assegurar acesso em formato digital a todos os serviços públicos. Os recursos para a digitalização são do Projeto de Modernização da Gestão Fiscal, alocados junto ao BID (Banco Internacional de Desenvolvimento).

A agenda digital fortalece a política de desburocratização que alcança todos os setores do governo. “A modernização do Estado vem sendo adotada na interface de todos as áreas do governo, com investimentos em tecnologia e adesão aos serviços digitais para, além de gerar economia, reduzir a burocracia e dar mais agilidade aos serviços públicos à população. O governo vai continuar fazendo reformas que visem a eficiência e nossa meta é tornar MS o Estado inovador e mais digital do país”, diz o governador Reinaldo Azambuja. “Investimentos em tecnologia, inovação e serviços digitais ajudam também no crescimento econômico, ampliam as oportunidades”, conclui

Eis alguns dos principais serviços disponibilizados pelo Governo do Estado na versão digital:

Carteira de Vacinação, Carteira do SUS, Carteira Funcional dos Servidores Estaduais, Carteira de Pescador Amador, Carteira Estudantil, Detran Mobile (consulta de multa e débitos de veículo, CNH Digital), denúncia ao Procon, BO Online, e-OUV, Matricula Digital, GuiAgems, Alerta de desastres por SMS, Resenha Virtual, Mira – Aplicativo de presença escolar, Jucems Digital, Newsletter e Rodovia Viva PMR MS.

Fonte: MS Todo Dia

Fazer download da imagem







Leia também

Dúvidas ou sugestões? Nos escreva!






contato

NOS ACOMPANHE NAS MIDIAS SOCIAIS